quarta-feira, 10 de maio de 2006

Soundtrack: Alpha, "Sometime later"

Era uma vez uma menina cheia de vida e intensa.
Que via poesia em tudo, dançava com músicas intocáveis, invisíveis, inexistentes. Cantava se imaginando diva enquanto girava pelos corredores afora.
Num certo dia, a menina começou a se sentir pressionada porque por um único, um único e mísero instante, ela caiu em si.
Passaram pela sua cabeça todas as situações pelas quais ela passaria dali para frente. Passaram todas as frases ainda não ditas e todas as dificuldades ainda desconhecidas. Passou que ela estava encarando a vida como um amontado de horas mortas, frias, sem sentido. Passou o fato de que ela não poderia se consolar com mil barras de chocolate porque o [até então] sonho dela exigia sacrifícios. Reviu todas aquelas cores de Almodovar e ouviu de novo a trilha sonora daqueles dramas densos de fins de semana num segundo, e ela se achou nos trechos mais medíocres e tristes de cada um. Refletiu sobre a amiga que estava enfrentando problemas de gente grande e sobre si mesma, que estava sozinha dentre outros milhões de problemas, mas de gente que pensa demais. Rezou para que o fim de semana chegasse logo, só para que ela pudesse se acomodar no chão e chorar sem nenhuma voz interna gritar que é preciso estudar Física. Ela imaginou a vida da menininha cuja mãe bateu em casa à noite pedindo um cobertor, que mesmo vivendo uma vida sem perspectiva e vazia à primeira vista, não perdia o sorriso inocente. Não perdia o sorriso. A menininha sorria... sorria por dentro, pareceu.
Pensou em onde está e para onde está indo e só obteve silêncio. E pensou em como tudo que tem feito, parece ser apenas uma tentativa frustrada de deixar as pessoas ao redor cientes de que ela é real.
Ela é real e não quer acordar.

3 comentários:

Joaquim Amândio Santos disse...

"
ouçam bem
eis a voz do silêncio.
sintam-no
que no ar paira.
gemendo em súplica sussurrada
que vivam.
liberdade.
que finalmente vivos,
ousem sonhar.
"

um beijo doce.

otavio disse...

well... nobody said it would be easy anyway...
i guess we'll always have almodovar colors and all those drama songs and all those little ones who care about us... (and all that jazz!)

i wish i could say something to make things better. the right words makes a person feel less miserable sometimes but it would never make things right. or not...
things are only bad when we see them that way.
dunno if it makes any sense but it's the better i can do.
kss

Anônimo disse...

Excellent, love it! Problems with connecting samsung a900 to computer Lattice awning Half price computer books scholarship http://www.buy-bontril-9.info/networking_equipment_cisco_system.html Autumn wedding invitations teak shelves Timeshare resorts orlando area timeshare